Os 4 problemas do YouTube KIDS em UX/UI

Bruno Gonçalves
5 min readMar 21, 2022

YouTube KIDS pelos olhos de uma família brasileira e autistas. Como raios a Google ainda não arrumou esses detalhes?

Nem na app store e nem no site você encontra a experiência original demonstrado ao cliente antes de instala-lo.

Contexto

Autismo

Faz 1 ano que comprei um Chromecast TV, aquele que tem Google TV e não precisa do celular para usar. Tenho 2 filhos, Aurora de 5 anos e Rafael de 4 anos diagnosticadas com autismo leve.

Pais preocupados

Aqui nos preocupamos com o que nossos filhos terão acesso internet e bom, mas temos que ter cuidado hoje em dia já imaginou seu filho encontrar algum conteúdo improprio na internet? Ou algo do tipo sem querer… você quer evitar isso não?

Com essa premissa também que a Google criou o YouTube KIDS uma espécie de YouTube com todo seu conteúdo já filtrado e selecionado, dando uma garantia que seu filho JAMAIS vai dar de cara com algo improprio até aí tudo bem.

O problema

Com o Chromecast TV + YouTube Kids + Family link = Você tem um arsenal de controle sobre seus filhos, você consegue escolher quanto tempo ele consegue usar a TV, que categoria de conteúdo ele vai assistir entre outras diversas possibilidades.

Nesse 12 meses de uso deu pra notar algo realmente que atrapalha a experiência das crianças aqui em casa em relação ao APP Youtube Kids.

Youtube Kids na TV em 2021

Problemas detectados

#1 Nem todo mundo tem uma TV 4K com Super Amoled

Ausência de contraste o sistema do Google está em toda a experiência e alguns botões não têm contraste o suficiente até os adultos têm dificuldade de saber se selecionaram o botão certo.

#2 Fontes muito pequenas

Tela antiga do Youtube Kids com fonte pequenas

Nas telas do YouTube KIDS os textos são pequenos demais até para os adultos ainda, mas para quando fica na casa da vovó, dando muita dificuldade para ler os textos das thumbs.

Para criança não é um agravante até porque quando usam raramente vão pelo texto e sim pela thumb. Mas para os adultos que as vezes estão procurando algo que as crianças pediram e não querem usar a busca fica difícil as vezes, até porque a busca por voz não funciona no perfil KIDS.

#3 Seletor de vídeo imperceptível

é apenas uma borda branca levemente mais grossa quando o card esta selecionado

Você não consegue saber qual vídeo você esta selecionando para assistir, a diferença do default para hover state e quase imperceptível. Toda vez eles erram o vídeo que querem selecionar.

#4 Conteúdo ruim?

Você cai numa promessa que vai assistir conteúdos já aprovados para idade dos seus filhos, mas o que passa despercebido e que ainda assim pode ocorrer erros e ter algum conteúdo que foi mal aprovado no YouTube KIDS.

Soluções propostas

#1 Melhorar contraste/hover state dos botões

Elevando o contraste nos status já garante melhor visibilidade, observe os valores de contraste abaixo com exemplo.

Solução:

#2 Nova interface

O pessoal do YouTube transformou o YouTube em uma versão KIDS com desenhos tortos e tudo mais transformando a identidade, como aqui o foco e na navegação do (app) usei padrões mais simples, mas nada impedia de ter uma “caricaturada nos elementos”, embasando já na ótima experiência que o YouTube nativo possui.

Lembrando que as crianças utilizaram o YouTube normal e conseguiram usar com mais facilidade do que o YouTube KIDS (ainda com a função de busca por voz que com o tempo elas aprendem ainda pequenas)

Solução: Tomei como ponto inicial fazendo as pequenas alterações abaixo:

  • Manter a aparência branca (para ter aquela diferença que usuário perceba que não está no YouTube padrão)
  • Mesmo processo de navegação com thumbs grandes
  • Leve aumento de fontes em títulos

Resultado:

Exemplos da tela

#3 Avaliador de histórico de vídeos do perfil KIDS

Caso o responsável ou a criança queria inibir o canal inteiro, ou um vídeo somente o YouTube KIDS possui uma função. A criança nunca clica no bloquear e quem tem que fazer são os pais, o problema que para fazer isso você tem que ir na home normal do YouTube KIDS, não há um histórico onde você após chegar em casa, por exemplo, consiga ver o que eles assistiram e talvez fazer ajustes finos no que não deveria ter tido acesso.

Obs: Acredito que até possua uma forma de visualizar o histórico mas essa forma ainda e limitada somente ao dispositivo da criança (se fosse um tablet até vai, mas na tv? sem chance!) os pais não tem uma forma remota de operar essa tarefa.

Solução: Um acesso já pelo Family Link nativo no perfil dos responsáveis

Como vemos nas configurações de youtube do family link da criança no celular dos pais.

Finalização

Espero que o YouTube faça algo a respeito risos porque meus filhos ainda têm anos pela frente.

Essa e minha opinião embasada no uso de meus filhos, um case com proposito de prática e longa observação do usuário.

Qualquer coisa: https://www.linkedin.com/in/brunosilvagoncalves/?locale=pt_BR

--

--

Bruno Gonçalves

Designer que adora automatizar processos de todo mundo…